Feliz 2012

Feliz 2012

11 janeiro 2010

Olá a todos


Quando recentemente perguntaram a alguém que me está muito perto (e muito aflita me contou) se eu havia morrido, dei uma bela gargalhada porque, se ainda tenho hipótese de saber da pergunta, é, sem dúvida, porque estou viva.
Compreendo no entanto que esta minha fase de "eclipses", pode mesmo, muito bem, suscitar tais curiosidades e dúvidas ou, até, alguma inquietação a quem se interesse por mim.
Daí que para além da minha gratidão e até reconhecida estima por todos vós, eu tenha sentido o dever, o gostoso dever, de sobrepor às minhas "ocupações" a necessidade de vir até vós para vos confessar quanto me ajudam, e quanto "alindam" os meus dias com as vossas presenças sempre generosas.
Mas...há sempre um mas nas história por mais bonitas que sejam...
Acontece que veio comigo, depois do Natal a minha muito querida e única Irmã.

Acontece que ela é um pouco menos "jovem" do que eu...
Acontece que tem estado de cama com uma hérnia discal... e acontece que o meu tempo se tem esvaído com esses cuidados e quando a noite cai, já o coração não comanda a minha vontade, mas, sim uma vontade iniludível de descansar, a que obedeço sem reclamar.

Minha Irmã já se levanta e anda sem bengala. Eu, mesmo de corrida já vim à vossa procura e até porque quando ontem vi nevar, me lembrei do Gus na floresta negra, da minha gente do Brasil que não tem do céu este presente, das minhas Amigas, que como eu já só se atrevem a ver estas maravilhas por detrás das janelas bem fechadas e com as lareiras acesas, como manda a prudência dos anos...

Dos meus amigos de França que funcionam "a pilhas" como eu, e a quem o tempo não ajuda… e, de todos vós que fazendo-me companhia pelo coração me dão tanto gosto como estes outros Amigos que têm vindo visitar-nos, beberricar uns chazinhos

perfumados, conversar, comer a medo uns docinhos a que ninguém resiste, mesmo confessando que não quer engordar...e tudo o mais que é igual em todos os tempos entre quem se estima.

Já não faço promessas porque o homem, a mulher, – neste caso – põe, e Deus - dispõe...
Mas, um abraço grande e verdadeiro para todos vós aqui fica com o desejo de um Bom Ano para todos .
Saudades

Maria José Rijo

Sem comentários: